Destaque

A velocidade das vontades.

Não é incrível a velocidade que a gente pensa, no tanto de coisa que a gente quer, no tanto de vezes que a gente muda de opinião, de caminho e de planos.

Como é tão difícil manter o foco nos objetivos. Parece que tudo vem ao mesmo tempo, o que a gente quer para o futuro, para o final de semana, e para as próximas horas.

Parece que a gente fica preso num lapso temporal infinito, tipo nossos erros, nossas vontades, nossas prioridades, necessidades.

Mas derrepente vem aquele pensamento que do nada te faz viajar. E aos poucos vai te levando para outro caminho. O pensamento vira vontade, mais tarde vira desejo mais tarde ainda vira seu objetivo de vida.

Loucura isso.

Anúncios

Por que mentimos?

Acredito que não gostamos de ver as pessoas sofrerem, mal sabemos que a mentira trás mais sofrimento do que acalento. Pobre de nós querendo controlar as coisas.

Tudo está em constante mutação, e isso a gente não pode controlar, podemos nos enganar por alguns dias, meses, ou até anos. Porém uma hora a verdade aparece, ou a gente cai na real, ou acorda e para de ser enganado. Errar é humano perdoar é divino, pena que somos mortais.

O ato de perdoar uma mentira é fácil, difícil mesmo é confiar de novo, acredito que nada pode voltar no tempo. Nada. Mas gosto de pensar que as coisas acontecem por uma razão, e refletindo sobre isso constatei que por diversas vezes já menti e vejo que não menti por quê queria enganar, mais sim proteger alguém de um sofrimento desnecessário.

A vida tem dessas, procuramos o caminho menos doloroso e por isso sofremos, e fazemos as pessoas sofrerem. E no fim acabamos vivendo na camada mais fina das relações.

Uma semente sozinha não produz nada, porém colocada em uma terra fértil, sendo regada no tempo certo e com passar dos anos vemos a pequena semente se transformar em uma árvore forte com muitos frutos.

Nesse sentido acredito que todos somos terra, e plantamos sentimentos. Se plantarmos verdade, amor, confiança teremos então uma árvore forte, que trará todo tipo de bom sentimento, que apesar das tempestade ficará de pé.

Mas se plantarmos a mentira na primeira tempestade a árvore irá cair, secar e apodrecer como se nada tivesse existido. Sem verdade nada permance, sem verdade tudo é apenas passageiro.

Pensamentos aleatórios

Refletindo sobre vida, encontrei uma verdade genuína, tudo é uma questão de perspectiva. O dito é velho mas cabe como uma luva. Perguntar o por quê das coisas e como elas funcionam é uma descoberta recente.

O fato de sempre repetir os mesmos erros, me fez questionar velhos hábitos. Diante disso venho trabalhando em um exercício novo, exercício esse que envolve muito empenho mental e emocional.

O exercício é o de se colocar no lugar do outro, exercício esse que vêm me dando acalento para as minhas aflições. Esse é o jeito que estou encontrando de achar respostas para a ignorância das pessoas a minha volta. Pessoas essas que amo, mas que me magoam e me frustram com frequência.

Esse exercício me fez pensar e sentir talvez um pouco de compaixão por quê todos nós sofremos, e por diferentes motivos. Saciamos diferentes prazeres, e nesse sentido fico tranquilo com meu coração. As vezes quando estou refletindo me recordo de uma passagem bíblica. Jesus veio ao mundo há muito tempo atrás e deixou um dos ensinamentos mais belos que já ouvi.

Amai o próximo como a ti mesmo, palavras essas que sinto verdadeiramente um toque de Deus. Difícil muitas vezes é deixar o orgulho de lado e crer que as pessoas merecem meu perdão ou minha presença. No entanto, não sou diferente daqueles que julgo, tenho defeitos iguais ou maiores que os deles.

E nesse sentido percebo que é sempre melhor levar em consideração as coisas boas, enquanto as coisas que não me agradam finjo que não me fazem diferença. Não sei se é o melhor, mas é o jeito que encontrei para continuar a amar as pessoas que tenho comigo.

As vezes olho as pessoas e vejo tantas diferenças físicas e mentais, percebo que cada pessoa me ensina algo diferente, uma maneira de pensar, uma outra perspectiva, e não sei, sinto que todas as pessoas tem algo de bom dentro de si. E gosto de ver o melhor delas, acho que esqueço disso quando me preocupo somente comigo.

A minha vida é meio que isso um amontado de coisas que penso, sinto, faço, as vezes sem pensar o que me traz uma grande frustração as vezes, mas tem coisas que são assim, não tem como controlar é automático igual ao um cachorro quando seu dono chega, ele fica louco e não sabe o que fazer para agradar seu dono.

Talvez se ele entendesse que seu dono está cansado, ou que não está afim de brincar ou se pudesse entender o que ele fala, talvez esse cachorro agiria diferente. Mas não, ele não entende e age por impulso. Assim me sinto as vezes, mesmo sabendo o resultado dos meus atos, faço o que meus instintos mandam e nem sempre gosto do que acontece.

Não sei, talvez esses impulsos tenham me viciado de alguma maneira. Mas essa não é a questão ou sei lá. As coisas não fazem sentido, disso eu tenho certeza, e procurar tentar não pirar com tantos pensamentos. Talvez essa… seja a grande questão.

Mais um

Queria fazer planos, uma lista de coisas que pretendo começar mas, acho que não vou me dar esse trabalho, por hoje só quero agradecer. Apesar de sobreviver ao ano que passou, pra mim sinto que evolui mais do que em outros tempos.

Hoje me lembrei do quanto aprendi com meus erros, erros esses que em sua maioria frutos da minha vaidade.

Após muitas desilusões, erros e talvez um pouco de imaturidade, perdi um pouco do brilho nos olhos que tinha antes, sinto que não sou o mesmo.

Não sou dramático, mas realista, contudo no final vejo que muita coisa boa aconteceu, acho que a balança no fim sempre fica equilibrada.

Se pudesse pedir alguma coisa hoje, acredito que não pediria nada só agradeceria, estou certo que tenho muito a aprender, errar e assim evoluir. Obrigado meu Deus. Obrigado 2018, que nessa nova fase eu possa viver o máximo de cada momento. Feliz ano novo.

Me desculpe

Oi tudo bem? Antes de começar eu gostaria de pedir desculpa. As vezes na correria eu não tive tempo de te ligar, ou de mandar mensagem. Gostaria de me desculpar também pelas vezes que não consegui me expressar direito.

As palavras muitas vezes não conseguem trasmitir o que a gente sente de verdade, e pelo meu vocabulário limitado, talvez eu tenha me expressado mau. Enfim, desculpa por me preocupar só comigo e esquecer de perguntar como vão as coisas, ou se você está bem, se precisa de alguma ajuda.

Me desculpa por eu não estar do seu lado quando você mais precisou, por eu ser distraído e acabar esquecendo. Enfim, quero fazer diferente daqui pra frente. Estamos no tempo de renovação. Um novo ciclo se inicia, uma nova oportunidade de recomeçar.

É por isso quero desejar a você que fez parte da minha vida em algum momento esse ano, que nós possamos recomeçar juntos. Quero desejar a você um bom Natal, que nessa data a gente possa refletir e agradecer a oportunidade de estarmos aqui. De poder celebrar o novo.

O nascimento do menino Jesus nos faz lembrar que sempre há esperança, que nós podemos fazer a diferença aqui na terra e na vida das pessoas. Que Deus ilumine a vida de todos e que a partir de hoje possamos ter á oportunidade de nos encontrarmos mais vezes.

Feliz Natal e boas festas.

O poder da palavra

É inacreditável como uma palavra te joga pra baixo, as vezes tudo está normal e vai bem, e quando menos se espera alguém chega e te desmonta com apenas uma palavra. As vezes não é nem por maldade, as vezes sai naturalmente sem intenção de te ferir.

As vezes vêm de quem menos espera, ou até espera. Mas, é foda, a partir dai seu dia vai pro espaço, você tenta não da bola mas as palavras se repetem na sua mente. Como se a cada hora ela voltasse. Sabe aquele sentimento ruim. Sentimento de mágoa, a gente tenta disfarça mas é foda já foi.

As vezes quem te mágoa nem percebe, mas cada vez que isso acontece, mais a gente se afasta. Tem gente que adora nos colocar para baixo. O mais engraçado e que esse efeito acontece ao contrário, muitas vezes é gente que mágoa alguém.

E muitas vezes nem percebe, só sente a distância.

Dia ruim…

Sabe a realidade da vida, ela é uma fábrica de fantasia, que não se cansa de fabricar ilusões. Que te induz a você comprar ilusões, e achar que pode tudo, ilusão por ilusão, fazendo com que a cada ilusão conquistada, se sinta confortado pela angústia que é viver.

Pensa bem, ninguém está contente, ninguém está pleno, todos querem alguma coisa, ninguém está satisfeito com nada. O ser humano me assusta cada dia mais. Cada vez mais egoísta, tudo é pra si. Nada é pra alguém.

Mas, como pode ser pra alguém se só existem pessoas egoistas. Como se faz algo pra alguém. Tudo é sobre nós. Acho que é uma terrível ilusão se achar melhor que alguém, e como nos achamos. Tudo se baseia em como aquela pessoa é ruim, e como só acontecem coisas boas com ela.

E na outra mão, como somos tão bons, e só acontecem coisas ruins, sendo que na verdade se estivéssemos na outra via, talvez faríamos pior. É realmente triste a ilusão da vida. Sempre há falta, sempre à tristeza. Nem todos os dias são bons. E hoje foi um dia ruim.

A arte de ser único

Todos temos talento, cada pessoa possui algo de especial, o que muitas pessoas não sabem é reconhece-lo. Muitos escondem e acabam enterrando o que poderia dar sentido á sua existência.

Tantos artistas, tantas palavras, pensamentos, músicas que não saíram da imaginação, tantas histórias relatos que poderiam fazer a felicidade de outras pessoas. A nossa vida tem sentido quando conseguimos transmitir para o próximo o que à de melhor em nossa essência.

O que as pessoas fizeram para o mundo ficar tão chato. Chato no sentido que estamos ficando padronizados, estamos nos moldando ao que é igual. As pessoas estão cada vez mais iguais as outras.

Os mesmo pensamentos, as mesmas roupas. A insanidade de estar sempre copiando, imitando e criando máscaras. Uma cópia de uma cópia, e logo estamos virando um amontoado de pessoas inúteis.

A obsessão por seguir, está criando uma nova geração de pessoas. De robôs. Tudo é repetido, copiado, multiplicado. Por isso estamos perdendo a beleza e a naturalidade das coisas.

Quando algo é diferente, quando existe alguma coisa fora do padrão, algo único.

Existe uma arquitetura quase mística que envolve a criatura. Algo que é raro, que não existe. Algo que te faz parar, e sentir, que nem você consegue explicar.

Quando você arrepia, ou quando algo te faz pensar, ou te emociona de alguma maneira. Seja uma canção, talvez uma frase, ou uma reflexão, que não se mede por palavras mais por cada fibra que se move no seu corpo ao entrar em contato.

Isso pode ser Deus querendo falar pra você seja verdadeiro. Ainda somos únicos, mas cada vez que não aceitamos nossos defeitos, nossas imperfeições, ficamos distantes do magnífico, sendo que são os defeitos que nos tornam uma raridade.

Somos a imagem e semelhança do criador, e ele criou coisas extraordinárias. O céu o mar as estrelas, a lua o sol. Cada uma destas obras com sua beleza particular. Cada coisa nesse mundo é uma manifestação divina. Nada é mais ou menos importante, o esplendor está em cada diversidade.

Você pode até não acreditar em Deus, mas como você explica a sensação de caminhar pela manhã, observando cada detalhe do seu trajeto, vendo a natureza, ouvindo o barulho das árvores, o cantar do pássaros, tudo em uma perfeita harmonia apesar de tudo que fazemos.

As muitas cores que envolvem a nossa vida, o nosso dia, as pessoas que estão ao nosso redor, o abraço sincero, uma palavra amiga, um bom livro. Até as coisas que nos chateiam, tudo isso é uma arte. Cada qual com sua beleza, e sentimento único.

Só um artista para criar algo tão fantástico, só Deus para produzir tamanha obra prima. A beleza de uma obra está na sua concepção única, em ser diferente de todas as outras.

Quando alguém o imita, ou tenta fazer algo parecido, o encanto se perde, o brilho se acaba e o que era belo, se torna falso, amaldiçoado e barato.

Uma condição confortável

Nesses últimos tempos tenho aprendido bastante, li em algum lugar que o tempo é senhor de tudo, acho que é bem verdade isso. O tempo me ensinou a me refazer, a mudar de opinião, a sempre buscar uma versão melhor de mim.

Por um período da minha vida achei que tudo era como era, e mudar seria uma perda de tempo. Descobri nessa fase que o pior defeito do ser humano é ficar parado, ser acomodado.

A comodidade é um gigante que te obriga a fazer sempre as mesmas coisas, e se você quiser mudar, ele vai te machucar, fazer com que você sofra física e psicologicamente. Então mudança significa ter que enfrentar esse gigante de frente.

Que vai te bater, pisar e mostrar o quanto você é fraco. É inevitável ele é um adversário difícil de vencer. Enfrentando meu gigante descobri que ele tem um ponto fraco. Descobri que com o passar do tempo ele vai se cansando. Dia após dia ele vai perdendo a força.

E cada dia que passa ele vai ficando menor, diminuindo, diminuindo até sumir. É pena que não existe só um, aliás existem vários, e cada dia que passa somos obrigados à enfrenta-los.

Mas enfreta-los é uma opção, ou lutamos contra eles e mostramos quem manda na nossa vida, ou eles nos farão reféns de nossos próprios medos. Pode ser dolorido mudar, mas acredito que dolorido mesmo é ficar parado olhando o tempo passar.

A vida e o livro

Já passou pela sua cabeça escrever um livro?. Imagine, você quer escrever um livro, e espera que ele fique maravilhoso, que seja fantástico, que fará os leitores viajarem.

Você escreve uma, duas, três vezes, não contente com que escreveu rasga o papel tentando encontrar as melhores palavras, tentando encontrar sintonia e coerência em cada paragrafo.

E por muitas vezes escreve e não vê sentido no que está no papel, apaga e começa tudo outra vez. Quantas vezes escrevemos, apagamos e escrevemos de novo, porém muito do que fazemos é uma busca pela perfeição.

Reescrevendo sistematicamente até encontrarmos o texto perfeito. No entanto o que acontece na verdade, é que na maioria das vezes não encontramos as palavras certas, e desistimos antes de terminar. Bom, nossa vida também é a assim.

Perdemos muito por tentar escrever histórias excepcionais, tentando viver coisas inusitadas e extravagantes sendo que, as vezes a melhor aventura seja um simples final de semana em casa.

A vida na real é feita de momentos, uns mais intensos outros mais tranquilos. Talvez você queira enfeitar, escrever sua história com as melhores viagens, com os melhores personagens numa aventura fantástica.

E se essa for sua vontade, está certíssimo mas, gosto de pensar que nossa vida pode servir para melhorar a vida de alguém, e pra mim o que é realmente importante nesse contexto é, que mensagem você vai deixar, quem vai querer ler sua história, um livro só é bom se tiver sentido no final.

Uma história de verdade e aquela que depois que você lê, começa a ver o mundo de uma outra perspectiva.

A ignorância do homem

Fico abismado em como podemos ser tão confiantes do nosso julgamento. Como afirmarmos sem mesmo conhecer. Como nossa mente trabalha a favor das nossas verdades.

A desinformação é o mal do momento, muita gente acredita que estar convicto de suas ideias já é o bastante. As explicações mirabolantes são surreais. Veja bem, as pessoas pensam que sabem, tendo certeza ou não, fazem questão de espalhar a sua mensagem sem qualquer pudor.

Até um tempo a trás pensava que a ignorância era uma bênção, mas olhando hoje acho que é uma maldição. Nos julgamos superiores a certas pessoas pelo nível de instrução. Porém a ignorância delas não nos faz melhor, mas nos torna pior por não faze-las enxergar.

É difícil ouvir barbaridades que não concordamos, mas por uma questão de defesa acabamos concordando para não haver conflito. Assim preferindo nos omitir.

Não é culpa do indivíduo pensar diferente da gente, mesmo que seja muito incoerente com a realidade.

As vezes as diferenças nos mostram um outro lado que a gente acaba esquecendo.

Nossa cabeça muda, até alguns anos a trás não pensavamos como hoje. Nossos pensamentos e ideias evoluíram, talvez a gente precise ter um pouco mais de paciência com os outros.

Cada um tem seu tempo para evoluir, e quanto mais a gente ignorar, mais tempo essas pessoas vão levar para evoluir. Mesmo que não mude em nada, mostrar para as outras pessoas no que acreditamos é fundamental para construirmos melhores pensadores.

É preciso questionar e fazer com que as pessoas questionem também. Quando a gente parar de repetir e buscar o conhecimento real das coisas e a partir daí criar uma opinião própria, quem sabe nesse dia as coisas não tomem um novo rumo.